Abusos, linguagem inapropriada ou aproveitamento para publicidade são imediatamente retirados.

Livro de Visitas

Amar demais

Data: 12-02-2013 | De: Elizabete Araújo Lobo

Gostaria de um tratamento por sofro de um ciúmes obsessivo gosto demais de um rapaz, que está comigo a 3 anos.
Brigamos demais ele também se aproveita desse meu amor doentio por ele e menti para mim em enfim está se tornando cada dia mais doloroso está ao lado dele.
Preciso de ajuda.

Re:Amar demais

Data: 18-05-2013 | De: Sofia

Elizabete,
Procure alguma luz nos seguintes sites:

http://www.grupomada.com.br/

http://comosedesintoxicardohomemerrado.blogspot.pt/2009/09/mulheres-que-amam-demais.html

http://acc.paginas.sapo.pt/acc1/

Existem livros sugeridos nestes sites e ajuda em grupos online e em reuniões locais.
Não está sozinha em seu sofrimento. Procure ajuda e não pare até encontrar.

Interessante

Data: 05-02-2013 | De: Cristiane

Gostei demais deste site e de todas as matérias que constam nele. Sou uma co-dependente com um adicto em um CT pela segunda vez e vamos lá, saber o que a vida nos reserva...

Vícios

Data: 14-11-2012 | De: Anônimo

Olá pessoal, optei por não me identificar por vergonha de estar enfrentando novamente problemas relacionados a vícios.
Na juventude fumei maconha e cigarros comuns por curiosidade. Depois abandonei a canabis, porém continuei com o cigarro. Um tempo depois comecei a me embriagar constantemente. Ao conhecer o fantástico e tenebroso efeito da cocaína, diminuí consideravelmente o consumo de álcool e cigarro. Emagrecí alguns quilos e considerava a cocaína como uma aliada a meu bem estar. Estava gastando muito dinheiro para sustentar esse vício e me isolava mais a cada dia. Procurei ajuda e com muito esforço e inúmeras recaídas conseguí abandonar o pó. Estou "limpo" há 8 anos e 4 meses. As haspas na frase são em decorrência de ter voltado a consumir bebidas alcoolicas e a fumar. Tive um gravíssimo problema respiratório que comprometeu muito minha qualidade de vida. Comprei um nebulizador, mas mesmo sofrendo ainda sentia vontade de fumar e acabava fumando escondido. O grande problema era perceber que não podia me esconder de munha consciência. E graças a muito esforço e também a um apoio incondicional de minha esposa, minha mãe e meus filhos, fui capaz de parar de fumar. Não ponho um cigarro na boca desde o carnaval. Entretanto passei a desenvolver o mau hábito de me entregar a gula. Voltei a beber e a falar e fazer muita besteira ao ficar embriagado. Minha mulher já me perdoou infinitas vezes as agressões que sofreu por minha falta de controle. É uma situação horrível acordar e perceber que novamente fiz tudo o que mais machuca àqueles que amo e a angústia é insuportável. Estou a cada dia mais obeso e fico ansioso para chegar o fim de semana para beber e comer como um desvairado. Esta é a triste e ordinária realidade de minha vida.

Re:Vícios

Data: 16-11-2012 | De: Sofia

Já estás a fazer o primeiro passo. A assumir a ingovernabilidade da tua vida causada pela adição. Nesse caso tão difícil. A adição cruzada é terrível. É cada vício tentar abafar outra e no final ficarmos afogados em várias.
Já sabe, ou se não sabe digo aqui:
1º passo - Assumir que perdemos o controlo sobre a nossa vida deixou de estar nas nossas mãos e somos controlados por uma ou mais adições.
2º Passo - Se eu não posso ajudar-me a mim mesmo preciso de pedir ajudar até encontrar. Para depois chegar ao terceiro: Entregar-se com confiança a esse apoio e essa ajuda.

Muita coragem e serenidade

O site e minha recuperação

Data: 28-10-2012 | De: Renata

Estou surpresa com a quantidade de informação desse site , nem mesmo o NA tem uma linguagem tão profunda sobre o assunto .Obrigada! Será minha bíblia daqui por diante. Estou há um mês limpa e tudo isso ainda é novo e assustador , quanto mais tenho informação sobre esta doença mais me indentifico e reconheço ela em meu passado e presente .
Estava há 20 anos no uso de drogas e jamais passou pela minha cabeça que eu pudesse ser doente ou minhas atitudes , meu comportamento fosse de uma pessoa doente e adicta até um mês atrás quando acordei e passei a frenquentar o NA .
Muito obrigada !

Recuperação

Data: 26-10-2012 | De: Alexandre

Olá, meu nome é Alexandre e sou um adicto que ainda não conseguiu encontro o ponto da minha recuperação. Já frequentei NA e agora estou tentando frequentar junto com a minha mãe o grupo Amor Exigente. Na verdade estou num ponto que já não sei mais qual seria a saída, o que é a recuperação. Vasculhando o site encontrei vários artigos interessantes, mas a palavra que mais me descreve é justamente esse "buraco negro". É um completo vazio que não pode ser preenchido, que me suga, que me derruba, que me leva a buscas nas drogas um alívio para uma dor de uma vida inteira, uma vida sem sentido, pelo menos para mim. Onde eu posso me tratar? Quem poderá me dar apoio nesse processo de recuperação? O que é uma vida em recuperação que ainda não ficou claro para mim? Só sei que em meio ao meu desespero meus familiares estão padecendo junto comigo na minha doença, progressiva, incurável e fatal.

Re:Recuperação

Data: 28-11-2012 | De: neuzza

ola amigo mim endifico mt com vc.mais grcas a Deus hj encontrei uma irmandade onde ja estou em recuperaçao ha 1 ano 5meses 12 dias,narcoticos anonimos.vem salvando minha vida e devolvendo a felucidade p meus filhos.tenho 3filhos 2meninos e uma menina.minha doenca adoeceu meus filhos tbm,o mais velho com 18anos ja estava usando drogas tbm,mais hj grças a Na e a minha recupracao,onde mim tonei uma mulher serena e sobria,ele decidiuir p igreja onde nao faz mais uso de nenhuma droga,sóphj eu entreguei minha vida aos cuidados de um Deus amoroso,onde sei que fiz a escolha certa.preucure uma sala deNa mais proxima de sua casa que funciona,desejo força fé e esperanca.fique com Deus

Agradecimentos

Data: 15-05-2012 | De: Maira Cravo

Olá sou uma co-dependente e estou com o meu esposo em recuperação, gostei de ler muito sobre os assuntos relacionados a adicção, a co-dependência e a família, pois havia pesquisado muito sobre os assuntos, porém nada me dava uma explicação, hoje lendo o site descobrir muito sobre o assunto.

mais 24 horas

Data: 16-02-2012 | De: 12 passos

No início é minuto a minuto. Só depois se chega às horas.

<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Novo comentário